terça-feira, 14 de junho de 2011

O SILÊNCIO DOS AMANTES...

Ontem, de molho na cama por causa da bendita gripe (rs... rs...), concluí a leitura de "O silêncio dos amantes", da Lya Luft, escritora gaúcha que eu aaaaaaaaaaaamo tanto!

Na verdade, o livro que eu comprei é de uma edição especial, da Saraiva, chamada seleção vira-vira, que condensa, num mesmo livro, 2 obras de um mesmo autor (a um precinho beeeeeeeeeem mais em conta):
neste caso, O silêncio dos amantes e Múltipla escolha.
*
"Sem palavras

A vida inteira busquei
explicações e deciframentos:
encontrei silêncio e segredo,
às vezes o conforto de um ombro,
outras vezes,
dor.

No último lapso
de um tempo sem limites
- embora a gente o queira compor
em fragmentos -,
abriram-se as águas
e entrei onde sempre estivera.
Tudo compreendido
e absolvido,
absorta eu me tornei
luz sem sombra:
assombro."

* Obs.: este texto é, apenas, o preâmbulo. Na verdade, o livro é um "romance fragmentado numa porção de histórias", como a autora mesmo o descreve, todas propondo "refletir sobre a incomunicabilidade e a solidão, os conflitos humanos, a morte que nos ronda, além do mistério e da beleza que nos fazem repensar a vida".
LINDOOOOOOOOOO!!!!