segunda-feira, 20 de junho de 2011

Que tristeza, meu Pai...

Estive em convivência neste úlitmo findi e ontem, cansada, acabei nem assistindo ao Fantástico, de modo que só hoje de manhã, ao arrumar-me para o serviço, soube, pelo Mais Você, da notícia da queda do helicóptero, na Bahia, e da morte, entre várias pessoas, do Gabriel, filhote do Bruno, vocalista do Biquíni Cavadão...

Eu amo o Biquíni, há muito tempo... "Embalei" muitos sonhos ao som de Vento Ventania, por exemplo... Mas, sem dúvida, a minha preferida não podia ser outra, senão Janaina:

"...Janaina é beleza de gestos, abraços,
Mãos, dedos, anéis e lábios
Dentes e sorriso solto
Que escapam do seu rosto..."

Amo essa música!

E, agora, lendo trechos do blog ENTRE MIM E VOCÊ, onde o Bruno escrevia postagens para o Gabriel, fiquei realmente triste... Quão imensurável deve ser a dor de um pai que perde um filho assim, nessas circunstâncias...
Que difícil, Senhor...
Não sei nem o que postar...
Deus, misericórdia...
Que "àqueles a quem a dor da saudade entristece,
a certeza da ressurreição console"!

UPDATE:
1a postagem post mortem AQUI.