quarta-feira, 10 de agosto de 2011

existem crocodilos no mar

Este, definitivamente, é daqueles para se devorar de uma sentada só...
E foi o que aconteceu ontem.
Comecei a ler em seguida à novela (ops! Na verdade, minha "empregada" estava assistindo e eu, distraidamente, passei por perto da TV e acabei ficando... kkkkkkkkkkkkkkk A desculpa clássica.... kkkkkkkkkkkk) e não consegui mais parar.
Acabei de madrugada.
Bom demais!!!!
Você curtiu O Caçador de Pipas???
Curtiu A Cidade do Sol???
Curtiu O Livreiro de Cabul???
Então...
Beleza!!!
Com certeza, você vai gostar bastante deste aqui também!!!!

Há muitos, muitos trechos comoventes no livro, mas separei um, para deixar-lhes o gostinho da obra:
"Considere-se sortudo por viver aqui. Aqui você está mal, concordo, mas pelo menos pode sair de casa de manhã com a esperança de retornar vivo à noite, ao passo que lá, quando sai, nem sabe quem vai chegar primeiro à sua casa: se você ou a notícia da sua morte. Aqui você pode andar entre as pessoas, vender suas coisas, ao passo que os hazaras em sua terra não podem sequer caminhar pela rua, porque se um talibã ou um pachto cruzar com eles sempre acha alguma coisa errada: a barba muito curta, o turbante mal colocado, a luz acesa em casa depois das dez da noite. Eles se arriscam o tempo todo a morrer por uma ninharia, a ser assassinados por causa de uma palavra em demasia ou de alguma regra sem sentido. Seja grato à sua mãe por ter feito você sair do Afeganistão, tinha dito o homem. Porque existem muitos outros que gostariam de sair e não podem."