segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

2 FILMITCHOS DO FINDI...

O primeiro, no CasaPark,
com Anita e Cris,
foi a deliciosa comédia francesa 
MINHAS TARDES COM MARGUERITTE:
"Quando criança, Germain (Gérard Depardieu) foi chamado de burro na escola por todos e em casa, com sua mãe solteira, não era diferente. A dificuldade de ler se perpetuou numa espécie de bloqueio intelectual. Já adulto, sua vida se resumia a viver de bicos, ainda ser alvo de brincadeira dos amigos e, principalmente, conviver com o eterno desamor da mãe. Contudo, quando Margueritte (Gisèle Casadesus) faz com que as páginas de um livro se abram novamente para ele, este reencontro com o universo das letras amplia seu horizonte e o único limite - agora - será somente a sua vontade."
SUUUUUUUUUUPER
RECOMENDADO!!!
*Comédia inteligente e sutil, sem vulgaridade!!!
;)

E, depois,
a excelente sugestão da funcionária da locadora,
A INFORMANTE:
"'A Informante' é uma história verídica acerca do revoltante envolvimento da polícia local, da IPTF (International Police Task Force), de funcionários da Organização das Nações Unidas e diplomatas na conspiração para a corrupção, tráfico e prostituição de jovens Sérvias escravizadas e abusadas sexualmente ao chegarem na Bósnia. O filme dramatiza os eventos ao redor da investigação de Kathryn Bolkovac, uma policial do Nebrasca que tem a oportunidade de viajar para a Bósnia para ganhar um dinheiro a mais e ter condições de morar mais perto da filha cuja custódia ficou com o pai. O acobertamento dos crimes abomináveis perpetrados por pessoas corruptas – homens e mulheres – incapazes de sentir compaixão e racionalizando um distanciamento do que estava acontecendo em nome da ganância, foi exposto por Bolkovac em esforços sistematicamente heróicos, quase inconsequentes, para salvar um sem número de meninas e responsabilizar a informal e extremamente lucrativa organização criminosa. (...) Mais que um alerta acerca da discriminação religiosa, racial e cultural, o filme denuncia – para quem não é absolutamente cego – em quanto o ser humano está distante de ter superado as questões relacionadas a opressão da mulher e que qualquer afirmação em contrário é tão ingênua como completamente imbecil. (...) “A Informante” é um tapa merecido no rosto de uma Classe Média alienada e distante que não sabe nem quer saber de nada do que ocorre ao seu redor e que frui o mundo através do entretenimento, como se as Notícias e a História não fossem mais que uma sucessão de séries de TV das quais nos esquecemos ao desligar o aparelho."
Depois da crítica acima,
eu não preciso dizer mais nada, né?
EXCELENTE!!!
TEM QUE SER ASSISTIDO MESMO!!!