segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

NA TRILHA DO OSCAR 2012

Todos os anos, em maior ou menor medida, eu fico ensandecida (kkkkk) às vésperas da premiação do Oscar que, desta vez, ocorrerá em 26 de fevereiro.
No último dia 24, saiu a lista oficial dos indicados, em todas as categorias
(listinha completa AQUI).
*
Claaaaaaaaaaaaaro que só dá para ver uma pequena parte (infelizmente), mas procuro concentrar meus esforços nos que concorrem a melhor filme (neste ano são 9), melhor direção, melhor ator, melhor atriz e, óbvio, melhor filme estrangeiro (embora, dessa última categoria, nunca tooooooooodos os concorrentes entrem em exibição aqui no Brasil.. Uma pena...).
*
Entonces...
Antes de sair a lista, eu já havia assistido ao MEIA NOITE EM PARIS (que está concorrendo em 4 categorias: filme, direção, roteiro original e direção de arte) e ao O GATO DE BOTAS (que concorre na categoria animação), lembram???
*
Agora, então, fui conferir outros 3:
Primeiro, o iraniano A SEPARAÇÃO,
de Asghar Farhadi,
que concorre em 2 categorias: filme estrangeiro e roteiro original.
FAN-TÁS-TI-CO!!!!
E, para melhor compreensão, AQUI a crítica da Isabela Boscov!
*
Depois, com Heloísa e Lídia,
OS DESCENDENTES,
de Alexander Payne,
que concorre em 5 categorias (filme, direção, ator, roteiro adaptado e edição).
Ok, o filme é light, interessante e, sem dúvida, dá para descontrair, até porque a trilha sonora é uma delícia!
Mas...
Sinceramente???
Em primeiro lugar, eu gosto mesmo é de drama com cara de drama OU comédia com cara de comédia, não "drama cômico" ou "comédia dramática"... De repente, eu me preparo para chorar... e me pego dando risada... Isso confunde os meus neurônios...
E, na boa, concorrer ao OOOOOOOSCAR,
e, o pior, em CIIIIIIIINCO categorias (affff...),
para mim, foi forçação de barra...
:(
De qualquer forma, AQUI, uma entrevista com o próprio diretor e, abaixo, a crítica da Isabela:

*
Por fim, com Cris,
MILLENIUM - OS HOMENS QUE NÃO AMAVAM AS MULHERES,
de David Fincher,
que também concorre em 5 categorias (atriz, fotografia, edição, edição de som e mixagem):
PER-FEI-TOOOOOOOOOO!!!
Muuuuuuuuuuuuuuuuuuuito melhor do que a versão original, sueca, na qual dormi e babei de tão entediante...
Não enteeeeeeendo por que não está concorrendo, também, nas categorias filme, ator e trilha sonora!!!
"O jornalista Mikael Blomkvist (Daniel Craig), após passar por um perrengue judicial, é contratado pelo rico e influente Henrik Vanger (Christopher Plummer) para solucionar o desaparecimento da sobrinha deste, Harriet, que ocorreu há mais de quatro décadas. Enquanto isso, conhecemos a hacker Lisbeth Salander (Rooney Mara) que, a despeito de seu brilhantismo, se mostra incapaz de interagir em sociedade da maneira habitual, trazendo consigo um passado trágico e um quê auto-destrutivo fascinante. As vidas de Blomkvist e Salander se cruzam de maneira explosiva, revelando vários esqueletos que a problemática família Vanger deseja ver enterrados."
Crítica completa AQUI.
*
Aguardem os próximos...
kkkkkkkkk
;)