quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

AS ESGANADAS


E, neste carnaval, aproveitei também para concluir a leitura do livro que peguei emprestado na última 4a-feira:
AS ESGANADAS,
o último do Jô Soares!!!
EXCELENTE!!!!
"Neste retorno à trama policial e ao romance de época – mais especificamente à Era Vargas, pano de fundo de O Homem que Matou Getúlio Vargas (1998) –, Jô fala de um homem obcecado pela figura materna, que ele matou e segue matando em todas as gordas que encontra. Sim, a mãe do serial killer era gorda, palavra que Jô prefere a qualquer outro sinônimo ou eufemismo.
O enredo de As Esganadas é simples e bem amarrado. A história gira em torno de Caronte, o dono da chique funerária Estige. O livro deixa claro desde o começo que ele é o assassino da trama. Assim como o pai, que acabou se matando, Caronte foi sufocado por uma mãe tirana, e passa a vida a se vingar dela. A relação é de amor e ódio, daí o personagem se sentir excitado ao matar jovens gordas com receitas portuguesas herdadas da “genitora lusitana” – o título de duplo sentido do livro se refere à fome voraz das vítimas e ao fato de elas morrerem sufocadas de tanto comer."
Crítica completa AQUI.
*
E, para escutar um trecho,
lido pelo próprio ,
um videozinho do youtube: